notícias

Jipa Sem Papel

 

Jipa Sem Papel: Prefeitura implanta sistema para gestão eletrônica de processos

A Prefeitura de Ji-Paraná fará amanhã (24), a partir das 10:30 horas, no laboratório da Secretaria Municipal de Educação (Semed), mais uma etapa de treinamentos com servidores para o projeto Jipa Sem Papel.

Trata-se da implantação do Sistema de Gestão para que todos os procedimentos processuais e administrativos do Poder Executivo Municipal ocorram de forma eletrônica, através do Programa e-TCDF,  um software desenvolvido pelo Tribunal de Contas de Brasília e, que através de parceria firmada com o Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, está em fase de implantação no município, desde outubro de 2019.

A adesão ao novo sistema foi assinado em outubro de 2019 com o Tribunal de Contas do Estado e, desde então, os servidores já vem sendo capacitados para utilizar as ferramentas do Programa. O e-TCDF foi cedido sem custo nenhum pelo Tribunal de Contas, sendo  um sistema modelo para todo o Brasil, inclusive, sendo utilizado por outros países de língua portuguesa, como referência em transparência e efetividade.

Com a implantação que já está sendo realizada, a Prefeitura garantirá maior transparência nas ações municipais, já que a plataforma permite um acompanhamento mais preciso e ágil por parte do Tribunal de Contas e outros órgãos de controle, além de modernizar a gestão pública, reduzindo custos, melhorando a eficiência, aprimorando segurança e confiabilidade aos dados e informações públicas, ampliando a celeridade na tramitação de documentos e processos, reduzindo utilização de insumos, custos operacionais, custos com o armazenamento de documentos e reduzindo a necessidade de utilização de papel.

Amanhã participam do treinamento, os servidores dos setores administrativos das secretarias municipais que terão a missão de compartilhar os conhecimentos com os demais funcionários para a operacionalizar o sistema. Na pauta do curso estará a movimentação eletrônica de processos, assinatura e parecer digital, classificação de processos, cadastro e upload de projeto básico, mesas digitais e distribuição de processos na plataforma eletrônica.

Para Celma Carvalho, instrutora que ministrará o treinamento, a ferramenta irá possibilitar o melhorando da performance administrativa, permitindo maior controle de produtividade dos setores e secretarias, o que  refletirá diretamente numa prestação de serviço mais eficaz para a população.